quarta-feira, 15 de março de 2017

Aulas de educação física nas academias ao ar livre




Nesta terça (14), o portal da Prefeitura trouxe uma excelente notícia informando que as academias ao ar livre passarão a ter o acompanhamento de um professor de educação física já na próxima semana. Segundo a matéria do site,

"Quem tiver 25 anos de idade ou mais vai poder se inscrever nas aulas oferecidas pela Secretaria de Turismo, Cultura, Eventos, Esporte e Lazer da Prefeitura de Mangaratiba nas Academias da Terceira Idade. A novidade foi anunciada esta semana pelo setor de Esporte, que vai utilizar inicialmente os aparelhos da Praça Robert Simões, no Centro, e os da Praia do Saco, na Praça do Skate e na “Praça do João Paulo”. Cada unidade vai contar com um professor de Educação Física e um estagiário.
As inscrições podem ser feitas nos dias e locais das aulas, direto com o professor. De acordo com o setor de Esporte, a escolha dos primeiros espaços foi feita por meio de pesquisa e que a procura foi maior nessas localidades. O objetivo da secretaria, no entanto, é estender para os demais bairros e distritos que contam com Academias da Terceira Idade. No ato da inscrição o aluno deve apresentar cópia do RG, atestado médico, uma foto 3x4. A primeira aula acontece na próxima segunda-feira, dia 20." (clique AQUI para ler na íntegra)

Segundo já previa a nossa legislação municipal, mais precisamente o artigo 4° da Lei Municipal n.º 851, de 07 de Maio de 2013, cujo projeto foi de autoria do ex-vereador Zé Maria, a presença do professor de educação física nessas academias passou a ser obrigatória. E, na terceira sessão ordinária do ano (e da nova legislatura), o vereador Renato Fifiu apresentou a Indicação de n.° 40/17 solicitando essa providência pela atual Administração.

Sendo assim, queremos agradecer à Prefeitura por essa iniciativa, bem como festejar juntamente com a população e os profissionais da área de educação física a conquista por todos alcançada.


#Assessoria#

sexta-feira, 10 de março de 2017

Valorização dos grêmios estudantis

Nossa juventude sempre cumpriu – e cumpre – um papel importante na História dos povos. No Brasil, também é assim tendo a UNE e a Ubes contribuído para a redemocratização do país na época do regime militar, defendido a moralidade pública na ocasião do impeachment do ex-presidente Collor e organizado os alunos na luta por serviços de transportes mais acessíveis e eficientes como se verifica nos movimentos pelo passe livre.

Entretanto, as questões locais e relativas à comunidade escolar também são importantes para o movimento estudantil. Como se sabe, o Grêmio Estudantil é uma organização sem fins lucrativos que representa o interesse dos alunos de um estabelecimento de ensino que tem fins cívicos, culturais, educacionais, desportivos e sociais. E, diga-se de passagem que o Grêmio é também um importante espaço de aprendizagem, cidadania, convivência, responsabilidade e de luta por direitos.

Pensando nessas questões, apresentei na sessão de quinta feira (09/03) o Projeto de Lei n.° 08/17, com o objetivo de não só valorizar a organização dos estudantes de Mangaratiba como também assegurar que eles possam defender seus direitos e interesses, sem nenhuma interferência estatal. Pois só com autonomia é que os nossos alunos poderão discutir, criar e fortalecer suas inúmeras possibilidades de ação tanto no próprio ambiente escolar como na comunidade.

Torço para que esse projeto seja aprovado por meus Pares no Legislativo bem como acolhido pela sociedade. E acrescento que tão importante quanto termos uma lei protegendo os direitos dos nossos estudantes é a iniciativa dos mesmos em se auto-organizarem.

Para conhecimento de todos, disponibilizo a seguir a íntegra da parte normativa do meu projeto que ainda tramitara nas comissões da Câmara até ir para votação em Plenário.


Art. 1º - Fica permitida, no âmbito do Município de Mangaratiba, a presença de Grêmios Estudantis nas escolas que apresentarem a etapa do Ensino Fundamental II e/ou Ensino Médio.

§ 1º - Designam-se por Grêmios Estudantis organizações autônomas que representam os interesses dos estudantes de um estabelecimento de ensino.


§ 2º - É vedado ao Estado interferir nas organizações dos Grêmios Estudantis e em seu funcionamento.


§ 3º - A organização, o funcionamento e as atividades dos Grêmios serão estabelecidas nos seus estatutos, aprovados em Assembleia Geral do corpo discente de cada estabelecimento de ensino convocada para este fim.


§ 4º - A aprovação dos estatutos e a escolha dos dirigentes e dos representantes do Grêmio Estudantil serão realizadas pelo voto direto e secreto de cada estudante.


Art. 2º - Os objetivos gerais dos Grêmios Estudantis são:


I - estabelecer o bem comum entre todos os membros da comunidade escolar, facilitando as relações intraescolares;


II - promover nos estudantes o interesse e a valorização de princípios cívicos, culturais, educacionais, sociais e éticos;


III - contribuir para fortalecer nos estudantes a responsabilidade, a participação nas atividades escolares e sociais, a luta por direitos e a convivência na comunidade escolar;


IV - incentivar aos estudantes a participação e integração democrática nas atividades desenvolvidas pelas unidades escolares e em suas localidades;


V - instruir os estudantes quanto aos seus direitos e obrigações e a sua formação educacional e cultural, através do desenvolvimento de atividades pertinentes.


Art. 3º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogando-se as disposições em contrário.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Ensinando os alunos sobre o Poder Legislativo

Na segunda sessão ordinária da Câmara Municipal de Mangaratiba, o vereador Renato Fifiu (PSDB) apresentou o Projeto de Resolução n.º 02/2017, o qual institui o projeto “Aprendendo sobre o Poder Legislativo” dando outras providências. Segundo consta na justificativa da proposta, é preciso "estimular as nossas crianças e os nossos adolescentes a participarem das atividades legislativas municipais, o que se inclui no exercício da cidadania".

De acordo com o parlamentar, o interesse da sociedade pelas sessões da Câmara Municipal tem sido pouco, sendo que muitos desconhecem quais seriam as funções do vereador ou como é o processo de elaboração das leis. Daí um dos motivos do afastamento da população da política se explicar pela deficiente formação educacional dos nossos alunos.

Com isso, Renato pretende aproximar a comunidade educacional do Poder Legislativo Municipal oferecendo uma oportunidade aos nossos estudantes não só de ingresso ao prédio da Câmara como também de participarem de uma simulação dos trabalhos. Resumindo, Fifiu está propondo que uma vez na semana (às quartas-feiras), mediante o agendamento prévio da escola interessada, um vereador possa dar atenção aos alunos que visitarão a Câmara Municipal ensinando-lhes sobre as atividades do Poder Legislativo e promovendo um debate no ambiente do Plenário.

Assim sendo, para dar uma melhor transparência às informações, estou disponibilizando a seguir a íntegra do texto normativo do Projeto de Resolução apresentado dia 21/02 pelo vereador e peço que a sociedade dê o seu apoio à proposta:


Art. 1º - Fica instituído no âmbito da Câmara Municipal de Mangaratiba o Projeto denominado "Aprendendo sobre o Poder Legislativo" que objetiva a integração da comunidade educacional com o Poder Legislativo deMangaratiba.

Art. 2º - O Projeto "Aprendendo sobre o Poder Legislativo" será realizado às quartas-feiras, no horário compreendido das 15 às 17hs, no Plenário da Câmara Municipal de Mangaratiba, durante os meses de março, abril,maio, junho, agosto, setembro, outubro e novembro.

§ 1º - Os alunos participarão de debates no Plenário sobre algum tema especifico escolhido durante a sessão e ocuparão a mesa Executiva que dirigirá os trabalhos sempre com a presença de um Vereador desta Casa Legislativa, o qual ficará responsável pela supervisão do Projeto.

§ 2º - Após os debates, os alunos poderão fazer perguntas ao Vereador presente, tirando suas dúvidas e apresentando sugestões.

Art. 3º - Qualquer escola, pública ou particular, poderá participar do Projeto "Aprendendo sobre o Poder Legislativo".

§ 1º - Para participar do Projeto, deverá a direção da escola entrar em contato com a Secretaria da Câmara Municipal com o objetivo de fazer a inscrição das turmas e agendar as respectivas datas.

§ 2º - Durante o período de campanha eleitoral, as atividades do Projeto “Aprendendo sobre o Poder Legislativo” poderão ser temporariamente suspensas.

Art. 4º - O projeto previsto nesta Resolução poderá ser executado conjuntamente com o Programa “Câmara Jovem”, instituído pela Resolução de n.º15, de 17 de Setembro de 2007.

Art. 5º - Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.


#Assessoria #

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Primeiras semanas do mandato

Pouco depois da posse dos vereadores, ocorrida em 01/01/2017, a Câmara teve as suas primeiras atividades da nova legislatura. Os nossos dias iniciais no gabinete exigiram um certo esforço para nos situarmos, vivenciado vários momentos de aprendizado da equipe de assessores/colaboradores quanto ao novo trabalho que iremos desenvolver ao longo desses quatro anos.

Apesar do recesso parlamentar, o qual vai até a segunda metade de fevereiro, eis que, logo no dia 03/01, foram convocadas duas sessões extraordinárias para tratar de três matérias. Dentre estas, constava um projeto de lei complementar encaminhado pelo Poder Executivo (Mensagem n.º 01/2017), versando sobre a estruturação da Administração Pública Municipal.

Devido à importância do assunto, tal proposta não foi aprovada em segunda votação, na sessão do dia 11/01. Afinal, era interesse de alguns edis o estudo das mudanças que serão introduzidas pelo prefeito, motivo pelo qual o pedido de vistas de um dos nossos pares fez com que viesse a ser convocada uma terceira sessão para 18/01, a fim de que a votação fosse então concluída.

Assim, tão logo foi aberta a discussão, tomei a iniciativa de pedir a palavra e debater a matéria em Plenário lembrando da crise financeira nacional que Mangaratiba e outras prefeituras do país passam. Observei também que, com a aprovação da lei, as secretarias vão diminuir de 19 para 17, reduzindo-se ainda o número de comissionados (serão 1.290 cargos de confiança a menos), o que gerará uma economia de cerca de R$ 17 milhões por ano quanto aos gastos com pessoal, comparando-se com a gestão anterior.

Em consideração aos SERVIDORES PÚBLICOS, toquei no assunto da data base, apontando a via do diálogo como solução. Pois acredito ser esse o melhor caminho para que a categoria chegue a um acordo no que diz respeito à revisão das remunerações e dos subsídios dos servidores públicos.

Além disso, temos recebido visitas de vários amigos no nosso gabinete, o qual tem ficado aberto todos os dias úteis da semana para atendimento do público. Aliás, está sendo uma experiência muito prazerosa contar com o apoio das pessoas, tanto as que estiveram conosco na campanha quanto as que se aproximaram posteriormente. 

#Legislativo
#EstoucomServidorPúblico
#SouServidorPúblico
#MandatoProfRenatoFifiu

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Finalmente a posse dos novos vereadores



Na tarde do primeiro dia do ano (01/01/2017), finalmente aconteceu a tão esperada posse dos treze vereadores eleitos, do prefeito e vice-prefeito. A solenidade ocorreu na Avenida Ver. Célio Lopes, em frente ao prédio da Câmara Municipal, Centro de Mangaratiba.



O local ficou lotado de pessoas, oportunidade em que pudemos contar com a presença de vários apoiadores, familiares e amigos, os quais não se deixaram se acomodar pelo forte calor, pela demora, pelo desgaste físico, nem pelo trânsito congestionado na Rio-Santos e tão pouco pela brave chuva de verão que caiu. E, apesar do curto tempo que cada vereador teve para discursar, valeu a pena compartilhar uma mensagem de agradecimento.




Portanto, mais uma vez queremos agradecer pela confiança depositada por cada um de vocês aproveitando para desejar a todos um feliz ano novo e que tenhamos um 2017 cheio de realizações trabalhando em benefício da coletividade mangaratibense.


Tamos juntos!



#Assessoria#

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Boas festas!




Mais um ano chega ao fim, sendo esses últimos dias de dezembro um momento especial para celebrarmos todas as conquistas vividas e os objetivos alcançados assim como planejarmos um futuro ainda melhor do que o tempo presente. 

Portanto, meus leitores, quero, nesta ocasião, expressar os meus sinceros votos de boas festas a todos, quer sejam amigos, familiares, colegas, educadores, diretores, alunos, pais, moradores de Mangaratiba ou turistas do bem que nos visitam. 

Que sejamos sempre gratos e felizes por termos vivido mais este ano e encontrado a oportunidade de aprender, crescendo como profissionais e também como pessoas. 

Um fraternal abraço,


Prof. Renato Fifiu

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Solenidade de diplomação dos eleitos




Na manhã de ontem (19/12), foi a diplomação dos vereadores, prefeito e vice-prefeito eleitos em outubro, além dos suplentes, tendo sido feita a entrega pelo juiz titular da Comarca, Dr. Marcelo Borges. O local ficou lotado de pessoas que vieram prestar suas acaloradas homenagens, motivo pelo qual o evento precisou ser transferido do auditório do Tribunal do Júri para a entrada do Fórum.



Na oportunidade, foram diplomados os nossos companheiros do PSDB Hélder Rangel e Sebastião José Fernandes.



Queremos expressar os nossos sinceros agradecimentos aos amigos, colegas de partido e colaboradores que compareceram ao evento nos incentivando e apoiando. 





Muito obrigado!


#Assessoria#